Notícias
Capa » Clipe do dia » Música do Dia | Bob Dylan – Rolling Stone
Música do Dia | Bob Dylan – Rolling Stone
Música do Dia | Bob Dylan - Rolling Stone

Música do Dia | Bob Dylan – Rolling Stone

Música do Dia | Bob Dylan – Rolling Stone. E eis que depois de quase cinquenta anos chega a nós o primeiro clipe da lendária canção de Bob Dylan. O vídeo foi elaborado depois de uma campanha online. E o resultado é, no mínimo, charmoso. Assista:

 Letra e tradução de Rolling Stone, de Bob Dylan 

Like A Rolling Stone

Once upon a time, you dressed so fine
You threw the bums a dime in your prime, didn’t you?
People’d call, say, “Beware, doll, you’re bound to fall”
You thought they were all kiddin’ you
You used to laugh about
Everybody that was hangin’ out
Now you don’t talk so loud
Now you don’t seem so proud
About having to be scrounging for your next meal

How does it feel
How does it feel
To be without a home?
Like a complete unknown
Like a rolling stone?

You’ve gone to the finest school all right, Miss Lonely
But you know you only used to get juiced in it
And nobody has ever taught you how to live on the street
And now you find out you’re gonna have to get used to it
You said you’d never compromise
With the mystery tramp, but now you realize
He’s not selling any alibis
As you stare into the vacuum of his eyes
And ask him do you want to make a deal?

How does it feel
How does it feel
To be on your own
With no direction home?
Like a complete unknown
Like a rolling stone?

You never turned around to see the frowns on the jugglers and the clowns
When they all did tricks for you
You never understood that it ain’t no good
You shouldn’t let other people get your kicks for you
You used to ride on the chrome horse with your diplomat
Who carried on his shoulder a Siamese cat
Ain’t it hard when you discover that
He really wasn’t where it’s at
After he took from you everything he could steal

How does it feel
How does it feel
To be on your own
With no direction home?
Like a complete unknown
Like a rolling stone?

Princess on the steeple and all the pretty people
They’re drinkin’, thinkin’ that they got it made
Exchanging all kinds of precious gifts and things
But you’d better lift your diamond ring, you’d better pawn it babe
You used to be so amused
At Napoleon in rags and the language that he used
Go to him now, he calls you, you can’t refuse
When you ain’t got nothing, you got nothing to lose
You’re invisible now, you got no secrets to conceal.

How does it feel
How does it feel
To be on your own
With no direction home?
Like a complete unknown
Like a rolling stone?

Como Um Vagabundo

Era uma vez, você se vestia tão bem
Jogava esmola aos mendigos em seu auge, não foi?
As pessoas chamavam você, dizendo, “Cuidado, boneca, você está pedindo pra cair”
Você achou que todos eles estavam brincando com você
Você costumava rir de
Todo mundo que ficava vadiando ao redor
Agora você não fala tão alto
Agora você não parece tão orgulhosa
Tendo que vasculhar o lixo pela sua próxima refeição

Qual a sensação
Qual a sensação
De ficar sem um lar?
Como uma completa desconhecida
Como um vagabundo?

Você frequentou a melhor escola tudo bem, Senhorita Solitária
Mas você sabe que você apenas ficava enchendo a cara lá!
E ninguém jamais lhe ensinou como viver nas ruas
E agora você descobriu que você vai ter que se acostumar com isso
Você dizia que jamais teria um compromisso
Com um vagabundo misterioso, mas agora você percebe
Que ele não está vendendo álibis
Enquanto você olha fixamente para o vácuo de seus olhos
E o pergunta, você quer fazer um trato?

Qual a sensação
Qual a sensação
De estar por sua própria conta
Sem nenhum rumo para casa?
Como uma completa desconhecida
Como um vagabundo?

Você nunca se virou para ver as carrancas dos equilibristas e dos palhaços
Enquanto todos eles chegavam e faziam truques para você
Você jamais entendeu que isso não era bom
Você não deveria deixar as outras pessoas se divertirem no seu lugar
Você antigamente cavalgava o cavalo cromado com seu diplomata
Que carregava em seu ombro um gato siamês
Não é difícil quando você descobre que
Ele realmente não era tudo que aparentava ser
Depois que ele levou de você tudo o que podia roubar?

Qual a sensação
Qual a sensação
De estar por sua própria conta
Sem nenhum rumo para casa?
Como uma completa desconhecida
Como um vagabundo?

Princesa no campanário e todas as pessoas bonitas
Estão todas bebendo e pensando que estão por cima
Trocando presentes caros e coisas
Mas é melhor você surrupiar, o seu anel de brilhante é melhor você penhorá-lo, gata
Você antigamente era tão entretida
Com o Napoleão de trapos e a linguagem que ele usava
Vá para ele agora, ele te chama, você não pode recusar
Quando você não tem nada, você não tem nada a perder
Você está invisível agora, você não tem mais segredos a ocultar

Qual a sensação
Qual a sensação
De estar por sua própria conta
Sem nenhum rumo para casa?
Como uma completa desconhecida
Como um vagabundo?

Música do Dia | Bob Dylan - Rolling Stone

Música do Dia | Bob Dylan – Rolling Stone

Música do Dia | Bob Dylan – Rolling Stone

Sobre Ana Cabral

"Não me prendo a nada que me defina. sou companhia, mas posso ser solidão. tranqüilidade e inconstância, pedra e coração. Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono. Música alta e silêncio. Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top